Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2014

ARMINDO TREVISAN É O GRANDE VENCEDOR DO 21º PRÊMIO AÇORIANOS DE LITERATURA

“BRADO RETUMBANTE” NOVO LIVRO DE PAULO MARKUN TRAZ DEPOIMENTOS DE EXPOENTES DA LUTA DEMOCRÁTICA 1964–1984

Prêmio Açorianos - Categoria Poesia: Adega Imaginária de Armindo Trevisan

Prêmio Açorianos - Categoria Poesia: Ao Menor Sopro: de Célia Maria Maciel

Prêmio Açorianos - Categoria Poesia: Falso Começo de Pedro Gonzaga

Prêmio Açorianos - Categoria Crônica: A Tristeza Pode Esperar de J.J. Camargo

Prêmio Açorianos - Categoria Crônica: Trem para Estação de Varsóvia de Jurandir Malerba

Prêmio Açorianos - Categoria Crônica: Te Pego na Saída / Não Atravesso a Rua Sozinho, de Fabrício Carpinejar

Finalista do Prêmio Açorianos de Criação Literária 2014: Julia Dantas "Ruína e Leveza"

Finalista do Prêmio Açorianos de Criação Literária 2014: Henrique Schneider "Respeitável Público"

Prêmio Açorianos - Categoria Especial: Notas de Um Caixeiro-viajante, de Theodemiro Tostes

Prêmio Açorianos - Categoria Especial: O Boxeador, de Reinhard Kleist

Prêmio Açorianos - Categoria Especial: Vivi Uma História da Arte, de Viviane Pasqual

Finalista do Prêmio Açorianos de Criação Literária 2014: Marcos Kirst "A Sombra de Clara"

CONVITE NOITE DO LIVRO - PRÊMIO AÇORIANOS DE LITERATURA ADULTA E INFANTIL 2014

Lançamento do livro "Histórias de Trabalho 2014"

Lançamento do livro "Poemas no Ônibus e no Trem 2014"

Prêmio Açorianos - Categoria Ensaio de Literatura e Humanidades: Como Escrever a História do Brasil - Miséria e Grandeza, de Fernando Cacciatore de Garcia

Prêmio Açorianos - Categoria Ensaio de Literatura e Humanidades: 1964 – O golpe, de Flávio Tavares

Prêmio Açorianos - Categoria Ensaio de Literatura e Humanidades: Humor é coisa séria, de Abrão Slavutzky

Prêmio Açorianos - Categoria Narrativa Longa: Opisanie Swiata, de Veronica Stigger

Prêmio Açorianos - Categoria Narrativa Longa: Todos nós adorávamos caubóis

Prêmio Açorianos - Categoria Narrativa Longa: Quatro Soldados de Samir Machado de Machado

MORRE O POETA MANOEL DE BARROS (1916–2014)

Prêmio Açorianos - Categoria Conto: Os Dez Putos de Bagé, de Antonio Augusto Fagundes

Prêmio Açorianos - Categoria Conto: Contos da vida difícil, Aldyr Garcia Schlee

Prêmio Açorianos - Categoria Conto: Corpos sem pressa, Leonardo Brasiliense

Prêmio Açorianos - Categoria Infanto-juvenil: Destino Sombrio, de Luís Dill