sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Prêmio Açorianos - Categoria Ensaio de Literatura e Humanidades: 1964 – O golpe, de Flávio Tavares


Outro finalista do Prêmio Açorianos de Literatura na categoria Ensaio de Literatura e Humanidades é o 1964 – O golpe, de Flávio Tavares. O livro “esmiúça a participação do governo dos Estados Unidos no golpe que levou à mais longa ditadura da nossa História e reconstrói sua gestação” colocando em questão tramas e complôs que a direita e a esquerda se valiam na disputa por um controle político da situação. Ele faz uso também de suas memórias, como jornalista que participou ativamente dos anos 1960.

Formado em Direito e natural de Lajeado, Flávio Tavares por muitos anos se dedicou ao jornalismo e atualmente ele é professor da Universidade de Brasília e articulista dominical da Zero Hora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário