terça-feira, 25 de novembro de 2014

ARMINDO TREVISAN É O GRANDE VENCEDOR DO 21º PRÊMIO AÇORIANOS DE LITERATURA

Armindo Trevisan
“Adega Imaginária” (L&PM) foi o grande destaque da Noite do Livro, nesta segunda-feira (24/11), ao receber dois Prêmios Açorianos de Literatura, como melhor publicação na categoria Poesia e Livro do Ano. Diante um Teatro Renascença repleto de autores, editores, artistas gráficos, jornalistas, produtores culturais e autoridades, o autor Armindo Trevisan, 80 anos, afirmou estar surpreso com o resultado e considerou a dupla premiação como um gesto de carinho e incentivo por parte da comunidade cultural de Porto Alegre. Além dos dois troféus criados por Xico Stockinger, Trevisan receberá um prêmio de R$ 10 mil.

Premiados da Noite do Livro
VENCEDORES DE CADA CATEGORIA:
CAPA — "Um Mar em Mim", de Marçal Henri Figueiredo, com capa de Raquel Castedo, Guilherme Pereira e Laura Haffner (Editora Literalis)
PROJETO GRÁFICO — "Cidade Imaginária", de Jorge Rein e Anico Herskovits, com projeto gráfico de Cylene Dallegrave, Jane Machado e Victoria Campello (Editora Letra1)
INFANTIL — “No Escuro – Mais Sete Histórias Tenebrosas de Bruxa”, de Ernani Ssó (Edelbra Editora)
INFANTO-JUVENIL — “Minuano”, de Tabajara Ruas (Edições BesouroBox)
CRÔNICA — “A Tristeza Pode Esperar”, de J. J. Camargo (L&PM Editores)
CONTO — “Contos da Vida Difícil”, de Aldyr Garcia Schlee (Edições Ardotempo)
POESIA — “Adega Imaginária”, de Armindo Trevisan (L&PM Editores)
NARRATIVA LONGA — “Opisanie Swiata”, de Veronica Stigger (Editora Cosac Naify)
ENSAIO DE LITERATURA E HUMANIDADES — “Humor é Coisa Séria”, de Abrão Slavutzky (Arquipélago Editorial)
ESPECIAL — “Vivi Uma História da Arte”, de Viviane Pasqual (Editora Modelo) de Nuvem

DESTAQUES LITERÁRIOS
Com apresentação da jornalista Tânia Carvalho e trilha sonora ao vivo pela Orquestra de Brinquedos, o evento produzido pela Coordenação do Livro e Literatura/SMC também homenageou com o Troféu Açorianos dois destaques literários. Os Destaques escolhidos pelo júri do concurso foram o projeto “Histórias Ambulantes”, coordenado pela artista plástica Ana Flávia Baldisserotto e que circula pelas ruas de Porto Alegre desde 2007, oferecendo textos, fotografias e outros itens, em troca de histórias contadas pelo público, e o jornalista, crítico literário e escritor Luiz Gonzaga Lopes, por sua contribuição à divulgação de autores e obras locais, em veículos como o “Caderno de Sábado” do “Correio do Povo” e o blog “Livros A+”.

PRÊMIO AÇORIANOS DE CRIAÇÃO LITERÁRIA
Já é a quinta edição do Prêmio Açorianos de Criação Literária, voltado para textos inéditos e que em 2014 teve como foco o gênero Narrativa Longa, teve como vencedor o caxiense Marcos Fernando Kirst, com o romance “A Sombra de Clara”. Além do troféu, o autor receberá R$ 10 mil e terá o seu original publicado em livro pela Editora da Cidade/SMC no ano que vem.
Marcos Fernando Kirst

Nenhum comentário:

Postar um comentário