quarta-feira, 9 de julho de 2014

Retrospectiva 2013: depoimento sobre o Prêmio Açorianos de Literatura


O vencedor do Prêmio Açorianos de Melhor Livro do Ano de 2013, com o título Terra Gaúcha e Artinha de Leitura (Belas-Letras), Luís Augusto Fischer, contou à Coordenação do Livro como foi ganhar o prêmio e qual a importância e valorização do Açorianos de Literatura para os autores e a cidade de Porto Alegre.
Na edição passada, o Prêmio de Melhor Livro do Ano foi dividido entre Eliane Brum, com Menina Quebrada (Arquipélago) e Luís Augusto Fischer, com Terra Gaúcha e Artinha de Leitura (Belas-Letras).

“Ganhar o prêmio é algo de realmente especial: trata-se do maior e mais tradicional prêmio literário de todo o sul do país, para livros publicados. No meu caso, foi o coroamento de um processo de trabalho bem longo, de alguns anos de envolvimento com a obra do Simões Lopes Neto. O prêmio valoriza muito a obra e os autores, porque ele tem reconhecimento imediato, e não só aqui no estado, e sim em todo o Brasil.”

Foto: Flávio Dutra

Nenhum comentário:

Postar um comentário