quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Dia da Saudade




Dia 30 de janeiro, no Brasil, é comemorado o Dia da Saudade. Palavra que traduz o sentimento de perda, distância, amor e ausência de algo ou alguém. Existe apenas na língua portuguesa ou galega (língua que origina o português) e possui origem latina, saudade é uma transformação da palavra solidão, que na língua escreve-se “solitate”. É utilizada em poemas, poesias, canções, enfim, um tema muito utilizado. A angústia sentida quando ficamos longe de algo ou algúem que gostamos é a saudade, nos transportando em pensamentos para um tempo em que fomos felizes, ou a presença de pessoas amadas. 

Segundo o dicionário Larrouse saudade é “a sensação de incompletude, ligada à privação de pessoas, lugares, experiências, prazeres já vividos e vistos, que ainda são um bem desejável”. O Dia da Saudade sugere que relembremos de pessoas e coisas que amamos, revirar fotos antigas ou  remexer na memória. Que tal aproveitar esta data para além de reservar um momento para reflexão, matar as saudades do que for possível?

Luis Fernando Veríssimo disse “não deixe que a saudade sufoque, que a rotina acomode, que o medo impeça de tentar” .

Mário Quintana, conhecido por traduzir sentimentos com doçura e simplicidade, já falou sobre o sentimento saudade:

A flor  Saudade-branca, do Sul de Portugal
 Saudade

na solidão na penumbra do amanhecer.
Via você na noite, nas estrelas, nos planetas,
nos mares, no brilho do sol e no anoitecer.

Via você no ontem , no hoje, no amanhã...
Mas não via você no momento.

Que saudade...




E abaixo, uma tirinha sobre o tema:





Nenhum comentário:

Postar um comentário