sexta-feira, 23 de março de 2012

Drops: Flávio Azevedo sobre os Anos 60

Como post final dos Drops sobre a palestra Anos 60: os Festivais e o Tropicalismo (que ocorre amanhã  às 20h na Sala Álvaro Moreyra), trazemos a resposta do professor Flávio Azevedo quando interrogado se a repressão do governo militar foi o fator principal a impulsionar a produção artística da década de 60 no Brasil. A resposta do palestrante resume uma importante lição para quem ainda não era vivo durante a época dos Festivais e do Tropicalismo:

O que impulsionou a produção da época não foi a repressão. Havia uma grande quantidade de artistas surgindo nas universidades, nos bares, que encontraram no ambiente de festivais da tv uma forma de divulgação do trabalho. É um equívoco pensar que a ditadura fez algum bem, no sentido de ser algo a combater, para a cultura dos anos 60. Não foi por causa, mas apesar de termos uma ditadura, que esses grandes artistas se revelaram.


Nenhum comentário:

Postar um comentário