sábado, 12 de novembro de 2011

Minha Seresta na Feira

Na tarde do dia 10 aconteceu o primeiro lançamento da Editora da Cidade na Feira do Livro deste ano  Minha Seresta  Vida e Música de Alcides Gonçalves, biografia de um dos maiores músicos gaúchos, escrita pelo jornalista Marcello Campos


Durante mais ou menos uma hora, Campos autografou várias cópias de seu livro, à venda na  Praça Central da Feira. O Secretário de Cultura de Porto Alegre, Sergius Gonzaga, e a patrona desta edição da Feira, Jane Tutikian, foram alguns dos que compareceram ao lugar.



Além destes, a própria viúva de Alcides também esteve presente. Dona Ema Penha Gonçalves, 82 anos, disse que ainda não havia lido o trabalho de Campos, mas que seria a primeira coisa que faria depois de levar o livro pra casa.

Ela contou como conheceu o autor de Cadeira Vazia: "Eu me encontrei com ele num baile do Clube Gondoleiros. Ele estava tocando piano. A gente conversou. Mas depois, como nessa época ele ainda trabalhava na Rádio Nacional, no Rio de Janeiro, o Alcides acabou voltando pra lá."

Coisa que não durou muito. Logo, em 1950, casaram-se e foram para Londrina, onde Alcides arrumou emprego numa rádio local. Ema diz que uma briga entre eles deu a inspiração para uma das  mais famosas composições de Alcides, Minha Seresta. "Ele era namorador demais, e daí eu botei ele pra rua; brigamos, e, para me conquistar de novo, ele fez essa letra. Tinha como não perdoar?"


Nenhum comentário:

Postar um comentário