segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Selecionados do Poemas no Ônibus 2011

Foram 901 poemas inéditos submetidos ao olhar atento de Alcy Cheiuche, Eduardo Dall'Alba, Everton Behenck, Célia Maciel e Maria Tereza Zatti. Entre tantos versos e estrofes, 25 foram escolhidos para circular nos ônibus e trens em 2011 e fazer parte da publicação do Poemas no Ônibus e no Trem, que será lançada na Feira do Livro desse ano.

Selecionados 2011:

Alberto Lisboa Cohen – Andorinhas
Aline Corte – Inês
André Silva de Castro – Acidente na Avenida
Andréa Assunção Rebello – Dona Maria Madrugadeira
Betty Vidigal – Estante
Denis Axelrud Saffer – Iludido, ou a Metáfora dos Fósforos
Diogo Antonio Rodrigues – Vista do Rio
Diogo Marques – Revistando Drummond
Evandro Marques de Souza Gomes – Rua sem Chão
Gabriela Ewald Richinitti – Disseram-me
Juarez Cesar Fontana Miranda – Versironia
Juliana Maffeis – Cuidado
Maria Carolina Rangel De Bonis – Setembro
Márcia Maranhão de Conti – Embalagem
Maurício Gomes – Agora
Milton Braga da Motta Júnior – Sujeito Oculto
Paulo Sergio Goulart – Redondeto
Reginaldo Costa de Albuquerque – Frasco de Perfume
Renan Osvaldo Pacheco – Dúvida Mortal
Ricardo Fontana Alves - E Chega o Outono...
Ricardo Mainieri – Chorando (Porto) Alegre
Rodrigo Domit – Relento
Tânia Maria Melo da Silva – Retorno
Tatiana Alves Soares Caldas – Perigeu
Veridiana Vanessa Dattein – Violeta

Nenhum comentário:

Postar um comentário