terça-feira, 21 de junho de 2011

Parabéns ao mestre

Na cidade do Rio de Janeiro, então capital do Brasil, nascia há 172 anos um dos maiores nomes da nossa literatura: Joaquim Maria Machado de Assis. Em homenagem ao aniversário do criador de personagens clássicos como Brás Cubas, Capitu e Quincas Borba, a CLL perguntou a escritores e professores de literatura qual é o texto que eles consideram o mais importante do autor.

Cíntia Moscovich

Eu escolho o Dom Casmurro. Esse livro é uma obra clássica, que persiste até hoje, além de ser perfeito em termos de narrativa e estrutura.


Carlos Urbim

Por tudo o que representa, eu escolho o romance da personagem Capitu. Para mim o Dom Casmurro é o livro mais significativo dele. Até hoje se discute a história da Capitu e do Bentinho, e quem quer conhecer a obra do Machado tem que se aventurar por ele.


Paulo Seben

Eu escolho o conto A Missa do Galo, do livro Páginas Recolhidas, pois é um texto emocionante, em que muita coisa acontece sem nada acontecer. Quanto mais se lê, mais indícios o leitor encontra. Ou não.



Daniel Galera

Eu acho que é o Memórias Póstumas de Brás Cubas. Ele é um baita livro e, na minha opinião, o melhor dele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário