segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Lexicário

Para nossa entrevistada de hoje do Lexicário, a astróloga Amanda Costa, os livros e os astros sempre estiveram em paralelo. Em 1978, ano em que entrou para a Faculdade de Letras da PUCRS, ela começou a tomar lições com a famosa astróloga Emma de Mascheville. Segundo Amanda, foi Dona Emy quem lhe despertou a atenção para "a inseparável relação que existe entre todas as coisas e como essa relação é magnificamente expressa na linguagem astrológica". Além de seu site pessoal, ela colabora com as seções de astrologia de Zero Hora, do Diário Catarinense, e do Terra.

Também é bom lembrar que hoje ocorrerá o lançamento de 360º Graus: Inventário Astrológico de Caio Fernando Abreu, da astróloga e escritora Amanda Costa. O evento irá ocorrer no dia em que Caio completaria 63 anos, no Lugar Maior (Felipe Camarão 224 – Bom Fim), às 18h30.

CLL - Qual palavra da língua portuguesa tu mais gostas?

Uma que me veio agora é sinuoso. É uma daquelas em que o som e a grafia remetem ao próprio significado da palavra. Sabe, aqueles esses e os us dão uma ideia de curva.

CLL - E qual palavra tu achas que deveria ser resgatada?

Supimpa. Sei lá, é uma expressão muito divertida. Tem muito a ver com aquilo que eu falei sobre a palavra anterior, o som e a grafia lembram o significado. Ela tem um quê meio circense. Sabe, podia até haver um Palhaço Supimpa, sei lá (risos).

Nenhum comentário:

Postar um comentário