sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Prêmio Açorianos de Literatura Anuncia Vencedores

 O tradicional Prêmio Açorianos de Literatura Adulta e Infantil, promovido pela Prefeitura de Porto Alegre, por meio da Secretaria de Cultura (SMC) e Coordenação do Livro e Literatura, em sua 23ª edição divulga seus vencedores.  
A premiação ocorreu na Noite do Livro, tradicional evento da área de literatura, no Teatro Renascença. Sob a direção de Gilberto Perin, o espetáculo teve as participações de Bebeto Alves e de Claudinho Pereira. A apresentação foi de Laura Medina, e dois dos maiores escritores gaúchos foram homenageados, Simões Lopes Neto e Sergio Napp. No final da premiação, o público recebeu livros da Editora da Cidade.

Os vencedores em cada categoria receberam o Troféu Açorianos, criado pelo artista plástico Xico Stockinger. Além do troféu, os vencedores da categoria Livro do Ano e do Prêmio de Criação Literária receberão o valor de dez mil reais cada.
Foto: Maicol Moura Morales



Confira a lista de vencedores:

Capa

Carne Nua, de Mônica Montanari, Capa de Ernani Millan Carraro, Editora Belas Letras

Projeto Gráfico

A menina e o monstro e algumas pedras no caminho, de Martina Schreiner, projeto gráfico e edição da autora

Destaques Literários

Literatura RS (página do Facebook)
Oficina de Crônicas Santa Sede

Ensaio de Literatura e Humanidades
Nós cultuamos todas as doçuras, de Marília Floôr Kosby, Editora Escola de Poesia

Infantil

Então quem é?, de Christina Dias, Ilustrações de Rafael Antón, Editora FTD

Infantojuvenil

Precisava de você, de Pedro Guerra, Editora Belas Letras

Poema

E se alguém o pano, de Eliane Marques, Editora Escola de Poesia

Crônica

Partes Íntimas, de Claudia Tajes, Arquipélago Editorial

Conto

Amora, de Natalia Borges Polesso, Não Editora

Narrativa Longa

O ano em que vivi de literatura, de Paulo Scott, Editora Foz

Especial

A modernidade impressa, de Paula Ramos, UFRGS Editora

Livro do Ano

A modernidade impressa, de Paula Ramos, UFRGS Editora

Prêmio Açorianos de Criação Literária 2016 – Narrativa Longa 

O Tríptico de Elisa, de Arthur Beltrão Telló






Porto Alegre, 28 de novembro de 2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário