sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Prêmio Açorianos - Categoria Poesia: Falso Começo de Pedro Gonzaga

                                           

Falso Começo de Pedro Gonzaga é finalista do Prêmio Açorianos de Literatura na categoria Poesia

Falso Começo tem a ver com aquilo que nos discos de jazz se chama de false starts, falsos começos, gravações que param por algum erro, mas nas quais se ouvem coisas incríveis. O livro é uma tentativa de repetir a infância e a adolescência no estúdio da memória. Entender o que se viveu — ou se deixou de viver — pelo esforço em descrever detalhes e odores do passado 

Pedro Gonzaga é natura de Porto Alegre, durante muito tempo atuou como músico, dedicando-se ao mesmo tempo à tradução e à escrita. Atualmente é professor de literatura. Tem dois livros publicados em prosa, Cidade Fechada (2004) e Dois andares: acima! (2007). Além disso, participou de diversas coletâneas digitais de poesia (2013), somando-se ao primeiro livro A última temporada (2011), ambos publicados por edições ardotempo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário