quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Prêmio Açorianos - Categoria Narrativa Longa: Todos nós adorávamos caubóis



Todos nós adorávamos caubóis  de Carol Bensimon é finalista do Prêmio Açorianos de Literatura na categoria Narrativa Longa.


 A obra conta a história de duas jovens que ficaram por um longo tempo sem se falarem e retomam a amizade tempos depois. Cora e Julia passaram algum tempo longe do Brasil, e agora , de volta ao sul do país vagam como estrangeiras na própria terra onde nasceram. Esse reencontro acontece em uma viagem pelo interior do Rio Grande do Sul em que as duas com questões pessoais problemáticas veem sua relação transformada pela aproximação.
Carol Bensimon nasceu em Porto Alegre, em 1982. Publicou Pó de parede em 2008 e, no ano seguinte, a Companhia das Letras lançou seu primeiro romance, Sinuca embaixo d’água (finalista dos prêmios Jabuti e São Paulo de Literatura) e colunista do jornal Zero Hora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário