quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Finalista do Prêmio Açorianos de Criação Literária 2014: Henrique Schneider "Respeitável Público"



A coordenação do Livro e Literatura conversou com Henrique Schneider, finalista do Prêmio Açorianos de Criação Literária 2014 com o original "Respeitável Público", Henrique falou sobre a sua obra finalista e sobre as suas expectativas por ser um dos finalistas do concurso, acompanhe:

Respeitável Público, narra a chegada de um circo mambembe a uma pequena cidade do interior. Alba Rosa, a filha de 17 anos do influente prefeito da localidade, se apaixona por Rômulo, trapezista. O pai de Alba não aceita o romance, ultrajado pela ocupação do rapaz, e arregimenta um exército para tirar Alba do circo – que por sua vez também apresenta suas armas. Cabe à moça impedir o confronto.

"Eu estou muito feliz por ser um dos finalistas, o concurso teve mais de 50 inscritos, destes 50 apenas três foram selecionados como finalistas, ser finalista já é um grande prêmio, apesar de eu concordar com a frase de que 'prêmios literários não ensinam ninguém a escrever' mas só em ter este reconhecimento de que se está fazendo um bom trabalho é, sem dúvida, muito gratificante, ser finalista deste concurso é um grande reconhecimento."


Henrique Schneider nasceu em 21 de dezembro de 1963, em Novo Hamburgo/RS. Autor das novelas “Pedro Bruxo”, “O Grito dos Mudos”, “A Segunda Pessoa” e “Contramão”, lançado na Feira do Livro de Porto Alegre de 2007, foi finalista do Prêmio Jabuti 2008, na categoria “Romance”, e escolhido como o Livro do Ano 2008, na categoria Narrativa Longa, pela Associação Gaúcha de Escritores. Integrante de diversas coletâneas, tais como  “Caio de Amores” (Ed. Mercado Aberto), “O Livro dos Homens” (Ed. Artes e Ofícios),  “Porto Alegre  Curvas e Prazeres” (WS Editor) e “Os Cem Menores Contos Brasileiros do Século” (Ateliê Editorial). Com a novela “O Grito dos Mudos”, ganhou o “Prêmio Maurício Rosemblatt de Romance”. Desde março de 2003, escreve a coluna semanal de contos ‘Vida Breve” no jornal ABCDomingo. Em 2014, lançou seu primeiro livro infanto-juvenil, “O Tempo Quase”, pela Lê Editora. Seu livro “Contramão”  está sendo transformado em filme o projeto já está aprovado pela Agência Nacional de Cinema (Ancine) e será dirigido pelo cineasta paulista Jeferson De.

Nenhum comentário:

Postar um comentário