quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Retrospectiva 2013: depoimento sobre o Prêmio Açorianos de Literatura

Foto: Schari Kozak

Eliane Brum foi a vencedora do Prêmio Açorianos de Literatura de 2013 na categoria Crônica, e também vencedora do Prêmio Livro do Ano de 2013, com a obra A Menina Quebrada. Eliane falou à Coordenação do Livro como foi ganhar o prêmio e qual a importância e valorização do Açorianos de Literatura para os autores e para a cidade de Porto Alegre: 


"Fiquei imensamente feliz ao ganhar o Prêmio de Melhor Livro do Ano de 2013. De certo modo, ganhar o prêmio foi como amarrar duas pontas da minha vida. Em 1994, ganhei o Açorianos na categoria autora-revelação, com meu primeiro livro, “Coluna Prestes – o Avesso da Lenda”. E, quase 20 anos depois, em 2013, recebi o prêmio máximo, com o quinto, “A menina quebrada”. Isso foi muito significativo para mim, de várias maneiras. É um reconhecimento de um livro, mas também de uma trajetória de escrita, neste caso de não-ficção, na qual exerço minha crença profunda no poder da narrativa como instrumento de transformação da vida, assim como na importância de dar voz aos que não são escutados e tornar visível os invisíveis. Porto Alegre não é a cidade em que eu nasci, mas é a cidade em que eu me tornei escritora não apenas como uma profissão, mas como um modo de ser e de estar no mundo. Que este seja um prêmio de Porto Alegre, tem grande significado para mim. Sem contar, que um prêmio como o Açorianos dá ao livro um selo de qualidade, é um reconhecimento do seu valor como obra."

Nenhum comentário:

Postar um comentário