segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Prêmio Açorianos: Beleza interior - Uma viagem poética pelo Rio Grande do Sul



Beleza interior - Uma viagem poética pelo Rio Grande do Sul de Fabrício Carpinejar é um dos finalista do Prêmio Açorianos de Literatura na categoria Crônica.
 
Beleza interior – Uma vigem poética pelo Rio Grade do Sul de Fabrício Carpinejar, concorre juntamente com A menina quebrada de Eliane Brum e Meus livros, meus filmes e tudo mais de Claudia Laitano.

 Beleza interior – Uma viagem poética pelo Rio Grande do Sul, reúne 52 cidades percorridas ao longo de um ano, por Fabrício Carpinejar. Fabrício saiu em busca de historias inusitadas, personagens inesquecíveis e pontos de vista especiais. O poeta atravessou as culturas: italiana, polonesa, alemã, suíça, africana, indígena, açoriana e japonesa sem mexer em seu passaporte, percorreu 14.590 quilômetros de estrada descobriu o alemão mais feio do mundo em Alpestre, o empalhador de cachorros de Carazinho e o macaquinho sapeca de Iraí. Conheceu uma coleção de fuscas em Joia, a aeromoça do cinema em Rio Grande e o ambulante de Victor Graeff que pagou a universidade de seis filhos vendendo rapaduras. O resultado de suas descobertas está neste livro, Beleza interior – Uma viagem poética pelo Rio Grande do Sul.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário