segunda-feira, 1 de julho de 2013

Dia das Bibliotecas


Hoje é dia de bibliotecas! A coordenação não poderia deixar passar em branco essa data que marca todo nosso trabalho com os livros, toda a história e o conhecimento do mundo. Os livros contém duas histórias: uma da leitura, outra do próprio livro. As histórias das bibliotecas, por sua vez, antecede a dos livros. Uma biblioteca é, antes de tudo, um corpo vivo e de resistência. Lugar onde repousam histórias, conhecimento e possibilidades diferentes de mundo. Lugar de encontro do que até hoje se chamou conhecimento e imaginação. 

Dentre algumas bibliotecas famosas, famosas por importância, do mundo, uma delas está bem pertinho de Porto Alegre, fica na cidade de São Leopoldo adjunta à Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS). A Biblioteca Unisinos possui um acervo formado por cerca de 630 mil itens, incluindo os títulos das bibliotecas conveniadas, do Instituto Anchietano de Pesquisas, do Colégio Cristo Rei e da Biblioteca do Campus Porto Alegre. 

Biblioteca Unisinos, em São Leopoldo - RS





Ainda no Brasil, outra biblioteca com grande acervo é  Biblioteca Nacional, localizada no Rio de Janeiro. A Biblioteca Nacional, também chamada de Biblioteca Nacional do Brasil, cujo nome oficial institucional é Fundação Biblioteca Nacional, é a depositária do patrimônio bibliográfico e documental do Brasil, considerada pela UNESCO como a sétima maior biblioteca nacional do mundo e, também, é a maior biblioteca da América Latina . Entre suas várias responsabilidades incluem-se a de preservar, atualizar e divulgar uma coleção com mais de oito milhões de peças, que teve início com a chegada da Real Biblioteca de Portugal ao Brasil e cresce constantemente, a partir de doações, aquisições e com o depósito legal.

Fundação Biblioteca Nacional
 
Mais singela, embora não menos importante, temos a nossa Biblioteca Pública Municipal Josué Guimarães - Porto Alegre - RS. Localizada no Centro Municipal de Cultura, Arte e Lazer Lupicínio Rodrigues, no bairro Menino Deus, a Biblioteca Pública Municipal Josué Guimarães (BPMJG) conta com um acervo de aproximadamente 35 mil exemplares entre livros, periódicos, DVDs e CDs. Além de sua sede, a BPMJG possui uma unidade ramal no Bairro Restinga, que disponibiliza um acervo de aproximadamente 7 mil volumes aos moradores da região.

Para se associar à Biblioteca Municipal Josué Guimarães e sair descobrindo histórias e outros mundos é muito fácil, basta apresentar os seguintes documentos: 

- Carteira de identidade;
-  Comprovante de residência (conta de água, luz, telefone ou outro tipo de correspondência, sempre no mês corrente).

HORÁRIOS: 

BPMJG - Sede
De segunda a sexta-feira, das 9h às 17 horas.
Sábados, das 14h às 18 horas.
*Janeiro e fevereiro a biblioteca abre somente de segunda a sexta-feira.

BPMJG - Ramal Restinga
De segunda a sexta-feira, das 10h às 12 horas e das 13h30min às 17 horas.

Um comentário:

  1. "Mais singela" e vergonhosa a população gaúcha o descaso com a biblioteca do estado. Me sinto envergonhado de ter uma biblioteca pública que ira ter apenas livros de museu não se preocupando nem um pouco com o público acadêmico ou um público mais pesquisador através de acervos mais atuais.

    ResponderExcluir