quinta-feira, 4 de julho de 2013

148 anos de Alice no País das Maravilhas

Se ontem foi o dia do Franz Kafka completar 130 aninhos de vida (já morto), hoje é o dia de um dos mais famosos livros da literatura ocidental fazer anos e continuar mais do que vivo. Alice no País das Maravilhas (Alice in Wonderland), de Charles Lutwidge Dodgson, conhecido pelo pseudônimo  Lewis Carroll, completa hoje 148 anos, lançado no dia 04 de Julho de 1865. O livro também inspirou diversas adaptações cinematográficas e televisivas. A mais recente lançada em 2010, do diretor Tim Burton; a mais clássica de 1951, feito em animação tradicional. Os dois pela Walt Disney. 

Lewis Carrol, autor de Alice no País das Maravilhas



Como homenagem fica a nossa lembrança e a história de muitas gerações que guardam essa história mágica consigo. É uma das obras fundamentais da literatura chamada non sense, mas, sobretudo, um livro com uma história complexa: cheia de alusões, enigmas, críticas. Há muitas leituras para Alice, mas o certo é que o livro carrega em seu bojo duas histórias, ou melhor, duas fases de leitura: uma para criança, outra para adultos. Qualidade que faz do livro obra importante na história da literatura. 

Manuscrito original de Alice no País das Maravilhas, de 1865



Para os que não conhecem: Alice cai numa toca de coelho que a transporta para um lugar fantástico povoado por criaturas peculiares e antropomórficas, revelando uma lógica do absurdo característica dos sonhos. Este está repleto de alusões satíricas dirigidas tanto aos amigos como aos inimigos de Carrol, de paródias a poemas populares infantis ingleses ensinados no século XIX e também de referências linguísticas e matemáticas. No mais, ainda atual. Ainda vivo. 

Confira abaixo um trecho de Alice no País das Maravilha, de Lewis Carroll:

"Podia-me dizer por favor, qual é o caminho para sair daqui? - Perguntou Alice. - Isso depende muito do lugar para onde você quer ir. - disse o Gato. - Não me importa muito onde... - disse Alice. - Nesse caso não importa por onde você vá. - Disse o Gato. - ...contanto que eu chegue a algum lugar. - acrescentou Alice como explicação. - É claro que isso acontecerá. - Disse o Gato - desde que você ande durante algum tempo."

Só pra lembrar  que você pode retirar a sua "Alice no País das Maravilhas" da prateleira aqui na Biblioteca Pública Municipal Josué Guimarães. A Biblioteca fica na Av. Erico Veríssimo, 307 - Menino Deus. 

BPMJG - Sede
De segunda a sexta-feira, das 9h às 17 horas.
Sábados, das 14h às 18 horas.
*Janeiro e fevereiro a biblioteca abre somente de segunda a sexta-feira.

BPMJG - Ramal Restinga
De segunda a sexta-feira, das 10h às 12 horas e das 13h30min às 17 horas.






Nenhum comentário:

Postar um comentário