sexta-feira, 19 de abril de 2013

A menina Lygia

Hoje, a Coordenação do Livro e Literatura homenageia uma das narradoras brasileiras mais brilhantes de todos os tempos. Lygia Fagundes Telles, vivíssima, completa 90 anos hoje.

Lygia tem uma trajetória de invejar qualquer escritor. Seus livros estão traduzidos em diversas línguas, presentes em mais de dez países. Já ganhou prêmios como Jabuti, Guimarães Rosa, Melhor Livro de Contos pela Biblioteca Nacional. Em 2005, pelo conjunto de sua obra, ganhou o prêmio máximo da língua portuguesa: o Camões.

Seu livro mais famoso é As Meninas, de 1973. Narra a história de três jovens universitárias começando a fase adulta numa época conturbada pela ditadura militar. O livro foi também adaptado para o cinema, com o mesmo nome, e dirigido por Emiliano Ribeiro. No elenco estão as atrizes Adriana Esteves, Drica Moraes e Cláudia Liz.

Entre outros títulos está Antes do Baile Verde (1970) , Seminário de Ratos (1977), A Estrutura da Bolha de Sabão (1991). Seu último livro é Passaporte para a China, publicado em 2011.

A escritora paulista -- para alegria geral – contou à revista Veja que continua escrevendo. “Gosto de me preparar para escrever. Eu não escrevo de qualquer jeito - de camisola, de pijama. Eu gosto de me arrumar! Escrever é o meu ofício e quero estar arrumada para ele. Dentes escovados, banho tomado, uma roupa, pronto: agora vou trabalhar.”.

Que venham, então, mais anos e mais obras tão bem arrumadas da última grande dama da literatura brasileira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário