quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Literatura e Carnaval

Quarta-feira de Cinzas e a CLL aproveita a calmaria dos festejos para unir carnaval e literatura. Muitas escolas de samba já utilizaram de enredos baseados em autores - como Monteiro Lobato, Machado de Assis, Jorge Amado e Carlos Drummond de Andrade - e obras - Invenção de Orfeu, de Jorge de Lima; Os Sertões, de Euclides da Cunha e O Manuscrito Holandês, de Manoel Cavalcanti Proença.

Este ano a escola de samba Mancha Verde homenageou o poeta, compositor e ator Mário Lago, que escreveu o famoso samba "Amélia". A União da Ilha do Governador escolheu Vinicius de Moraes como tema. 

Livros com o tema Carnaval são muitos, separamos abaixo três obras:

  
 

O país do Carnaval, Jorge Amado

Depois de sete anos em Paris, Rigger volta ao Brasil e tenta compreender um país onde já não se sente em casa e que tenta timidamente superar seu atraso oligárquico e ingressar na era industrial e urbana.







 





Carnaval, Manuel Bandeira
 
Escreveu sobre o tema com notas de humor amargo e ironia, em 1919. 
.


.





O Carnaval das letras, Leonardo Pereira

Por meio da análise de escritos de autores da segunda metade do século XIX, como Machado de Assis, Raul Pompéia e Coelho Netto, o livro busca entender o processo que acabou por fazer dos dias de folia a principal festa popular do Rio de Janeiro.







Nenhum comentário:

Postar um comentário