segunda-feira, 23 de julho de 2012

"E agora, Drummond?", por Antônio Sanseverino

Começou hoje também o curso E agora, Drummond?, com o professor ministrante Antônio Sanseverino. Foi o primeiro dos quatro encontros que percorrem a vida e obra de um dos maiores poetas brasileiros da lírica moderna.

Com uma breve (e imediata) introdução à vida do escritor filho de fazendeiro, como o próprio o dizia, Sanseverino discorreu sobre a curiosa relação entre Drummond e as distintas realidades que o cercavam (e ainda cercam), como o interior e a metrópole; o Brasil e a Europa; a intelectualidade autônoma e a vinculação ao Estado - realidades essas que foram essenciais para formar o moderno e maduro poeta Carlos Drummond de Andrade.

Ao final da primeira exposição, o professor ainda fez algumas leituras e comentários sobre dois livros do autor, Alguma Poesia (1930) e Brejos das almas (1934), que incluem clássicos como Poema de sete faces, No meio do caminho, Quadrilha e Hino nacional

Nenhum comentário:

Postar um comentário