quarta-feira, 25 de julho de 2012

Drummond lê José no curso "E agora, Drummond?"


No segundo encontro do curso E agora, Drummond?, o professor Antônio Sanseverino trouxe-nos uma surpresa: Drummond em sua própria voz. Depois de fazermos uma profunda leitura de alguns poemas do terceiro livro do poeta, Sentimento do mundo (1940), e lembrarmos da estreita relação entre o então forte secretário Carlos Drummond de Andrade e o Ministro da Educação Gustavo Capanema, mergulhamos de cabeça (e ouvidos) na voz insensivelmente dramática do autor de José (1942):


Obs.: Muitos sites e vídeos - e falamos aqui do de cima também - referem-se ao poema como E agora, José?. E isso acontece, logicamente, por haver essa interrogação reiterada constantemente durante o texto. Mas lembremos: a poesia chama-se José, assim como o livro a que pertence.

Nenhum comentário:

Postar um comentário