sexta-feira, 22 de junho de 2012

O velho livro de Contos de Fadas

O que é uma infância sem contos de fadas? Quem não se recorda das histórias contadas pelos irmãos Grimm, como a da Branca de Neve e Cinderela? Crescemos com fábulas fantásticas dos reinos encantados que a literatura planta em nossas mentes, mas são raras as ocasiões nas quais encontramos itens "mágicos" destes reinos da infância na vida cotidiana. Foi o que aconteceu hoje quando, na parte de Literatura Infantil da BPMJG, encontramos um livro de Contos de Fadas datado de 1965, com belas ilustrações e com histórias dos mais diversos lugares. A obra exala toda aquela aura de tomo antigo, perdido no tempo, escondido por alguma ironia do destino numa estante da biblioteca. A começar pela dedicatória da 1ª página:

À mais querida criança do mundo, 
para umas horas alegres no 'dia das crianças'. 
Com beijos da mãe para a Ymara. - 12/10/67. 
 

Arte de Gioconda Campos para "Os sete conquistadores da Rainha do Mississípi"
O livro contém a tradução de Aloysio Ferraz Pereira (e arte de Gioconda Uliana Campos) para as histórias publicadas originalmente por Edmund Dulac (que também fez os desenhos coloridos da edição). Há contos de diversas culturas distintas: contos franceses, belgas, ingleses, russos - e até um japonês e outro sérvio.

A edição, gasta e antiga, é tudo que um livro de conto de fadas deveria ser: misterioso, ancestral (para as crianças contemporâneas), e com as ilustrações clássicas do estilo para retratar as histórias contadas. Dulac, o francês autor da obra - posteriormente naturalizado inglês -, trabalhou a vida inteira no campo das artes, tendo sido conhecido por sua produção como ilustrador: chegou a ilustrar edições clássicas de Jane Eyre, de Charlotte Brönte, A tempestade, de William Shakespeare, e o tomo árabe As 1001 noites. Boa parte da mágica deste livro vem das ilustrações de Dulac, portanto, deixamos o leitor com alguns desenhos do artista:

 
Ilustração de Dulac (presente no livro) para o conto "A corça do bosque"










Ilustração para a história "A pequena sereia"

Ilustração para o livro "Histórias de Hans Andersen"




Ilustração para o conto "O rouxinol e o Imperador da China"

Nenhum comentário:

Postar um comentário