segunda-feira, 16 de abril de 2012

Criada em Porto Alegre a Associação dos Professores de Literatura

No encontro organizado pelo grupo Literatura Urgente durante o sábado passado, na Sala Álvaro Moreyra, professores de Literatura se reuniram para debater como o ensino da área tem sido abordado nas escolas e em provas como os vestibulares e o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A partir da conversa, foi criada a Associação dos Professores de Literatura (provável APL), para atuar em nome do ensino da Literatura em nível nacional. Com o professor e escritor Luís Augusto Fischer como organizador, a Associação pretende lutar por mudanças na configuração atual do ensino deste setor do conhecimento. Conversamos com o professor Fischer sobre a criação da APL:

CLL - O que foi discutido no sábado quanto ao ensino de literatura e as provas de vestibulares e Enem?

LAF - Levamos em consideração essa abordagem da Literatura em exames como elementos que entraram na conta para a criação da Associação. Já se pensava em criar uma Associação dos Professores de Literatura,  e acho que a maneira como a Literatura vem sendo tratada foi o estopim para a reunião em que a organizamos. O Enem, principalmente, por ter essa força, por atuar em âmbito nacional, gera um estrago maior no ensino da Literatura, pois não a aborda de maneira adequada na prova.

CLL - Agora que a Associação dos Professores de Literatura foi criada, qual é o próximo passo?

LAF - O principal objetivo da Associação é tomar uma posição pública sobre o ensino de Literatura. A ideia foi apresentada para atuar em nível nacional. Ficamos com o compromisso de fazer um manifesto sobre a Associação, que será divulgado antes da próxima reunião, prevista para ocorrer daqui a cerca de 40 dias.    

Nenhum comentário:

Postar um comentário