segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Livro e a Areia

Reclamar que falta tempo para ler é algo comum. Às vezes, nos pegamos exercendo essa mesma desculpa, que não chega a ser infundada. Os minutos contabilizados, que exige a vida na cidade, são os maiores inimigos de uma saborosa degustação literária. Então chega as férias. E junto com essa felicidade, uma pergunta. Finalmente na posse do tempo desejado para leituras, o que ler primeiro? O blog da CLL vai ajudar você nessa missão. Selecionamos alguns livros que em nossa opinião são ótimos para serem lidos debaixo de um guarda-sol e na companhia de uma brisa marítima. Confira. 

Enquanto água 
Autor: Altair Martins
Editora: Record 
Ano: 2011 
Preço: R$ 27,90 

O mar é o elemento principal dos contos desse livro. São dezoito textos que exploram diversas facetas da forma de contar histórias. Divididos em quatro capítulos, cada grupo de histórias segue uma sensação: chuva na cara, depois da chuva, garoa, água com gás. Criativo e com inúmeras experimentações linguísticas, a obra explora as propriedades e formas da vida, que assim como o elemento água muda e se adapta. A escrita de Altair Martins é um bom estimulante contra o tédio, trata-se de um estilo único e que insiste em surpreender. 

Livro sobre nada 
Autor: Manoel de Barros 
Editora: Record 
Ano: 1996 
Preço: R$ 29,90

É preciso ter tempo e disposição para aproveitar completamente todas as imagens propostas pelo poeta Manoel de Barros. Seus textos além de dar um laço no comodismo e uma interrogação no entendimento, nos coloca em contato com natureza e com a celebração da infância. Com suas falsas e reais (será?) memórias, o poeta convida para repensar o baú de recortes de antigos momentos e lançar sempre um novo olhar sobre o agora e o já passado. Livro sobre nada é agradável, curto e um convite a um universos para ser constantemente criado. Ótima pedida para treinar o “manoelês”. 



O verão de Chibo
Autores: Vanessa Bárbara e Emilio Fraia
Editora: Alfaguara 
Ano: 2008 
Preço: R$ 29,90 

O romance de dois pais é resultado de muito esforço entre os autores, para alcançar uma narração única e criativa. A história se desenvolve em torno de um menino, com aproximadamente sete anos, que descreve seu universo, suas aventuras nas férias de verão, como uma expedição em um milharal, ao lado de outros amigos. Porém, ao longo do livro, Chibo, seu irmão mais velho, desaparece, e os outros garotos parecem seguir o mesmo caminho. É tido como um dos livros da boa safra de escritores brasileiros dos últimos tempos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário