quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Retrospectiva: 1998

Vencedor na categoria narrativa longa: A superfície das águas, de Hilda Simões Lopes


Hilda Simões Lopes é uma escritora versátil. Escreve ensaios, crônicas, poesias, romances e já publicou em todas as áreas citadas. Na obra vencedora A Superfície das Águas (1997) a autora se dedicou em criar uma narrativa histórica na qual a trajetória da cidade de Pelotas, localizada no sudeste do Estado, aparece de forma central.

O romance se divide em duas partes. A primeira aborda as charqueadas e a crise que abalou a cidade depois da falência de uma grande empresa local. O narrador conta sobre a vida de Catão de Linhares, membro de uma família aristocrata, e através dessa oportunidade, percorre o espaço temporal dos anos 1930 a 1945, cobrindo essa parte da história da cidade. Logo após, o livro retoma mais ao passado, viaja para o ano de 1929, um ano antes da revolução. Nessa década, a eminência da instalação de uma nova insurreição social leva a diversas reflexões sobre acontecimentos do mesmo tipo, que vieram a ocorrer com freqüência no sul do Brasil entre o século XIX e início do XX, e que Hilda faz questão de abordar. Portanto um dos maiores eventos brasileiros é coberto em sua complexidade, desde sua véspera até as suas implicações posteriores.

Além de uma análise e descrição da sociedade da época, que viria a reorganizar o futuro de todo o País com a instauração da revolução,  a autora também se preocupa em enfatizar algumas temáticas, como o papel da imprensa, a desilusão política, a questão da mulher, os costumes. Algumas das figuras históricas mais importantes do cenário rio-grandense e brasileiro são citados frequentemente ou fazem parte como personagens. São eles Flores da Cunnha, Getúlio Vargas, Washignton Luís, João Pessoa, entre outros.

Hilda segue em uma linha da literatura que aposta na competência dessa arte para romper as encostas do tempo, e dar vida a qualquer época no momento presente. Fazendo a própria História de personagem, coloca todos seus leitores no centro da narrativa.

Mais sobre a autora:

Hilda Simões Lopes é advogada, socióloga e professora universitária. Já participou de diversas oficinas, entre elas a do escritor Luiz Antonio Assis Brasil.  Tem diversas publicações em antologias, algumas estão nos livros Mulher Poeta, Mercopoemas e Contos de Oficina. No ano de 2000, foi finalista do Prêmio Açorianos de Literatura, com o livro de crônicas de viagem Cuba: Casa de Boleros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário