terça-feira, 18 de outubro de 2011

Jabuti 2011

Foi divulgada ontem a lista com os 29 vencedores do Prêmio Jabuti 2011. Entre os premiados estão Ferreira Gullar, Dalton Trevisan, José Castello e Laurentino Gomes. No dia 30 de novembro, serão divulgados os Livros do Ano nas categorias ficção e não ficção, cada um recebendo R$ 30 mil. Confira a lista completa no site do evento.
Na categoria Poesia, Ferreira Gullar ganhou com o livro Em parte alguma. No começo do ano, fizemos uma entrevista com ele.

André Neves, porto-alegrense de coração, venceu na categoria infantil com Obax. Quando estávamos cobrindo a divulgação dos finalistas do prêmio, falamos com ele. Hoje, André nos contou como foi receber a notícia do prêmio e a importância de ser agraciado com ele:
Recebi com alegria a indicação do prêmio Jabuti, ganha-lo qualifica meu trabalho e motiva minha vontade de ir além na descoberta de um novo olhar sobre a literatura para infância. Tenho consciência que o prêmio literário mais prestigiado e antigo na historia do nosso pais, imprime com seriedade o potencial dos indicados apontando seus valores de amadurecimento dentro de uma linguagem criativa. Mas um Jabuti antes de tudo é um JABUTI. Será para sempre parte importante no livro da minha própria história.

Veja alguns dos vencedores:

Infantil
OBAX, de André Neves (Brinque-Book)

Juvenil
ANTES DE VIRAR GIGANTE E OUTRAS HISTÓRIAS, de Marina Colasanti (Ática)



Biografia
ALCEU PENNA E AS GAROTAS DO BRASIL:MODA IMPRENSA 1933 A 1975, de Gonçalo Júnior (Amarilys)

In memorian: DE MENINO A HOMEM - DE MAIS DE TRINTA E DE QUARENTA, DE SESSENTA E MAIS ANOS, de Gilberto Freyre (Global)



Contos e Crônicas
DESGRACIDA, de Dalton Trevisan (Record)




Poesia
EM ALGUMA PARTE ALGUMA, de Ferreira Gullar (José Olympio)
Reportagem
1822, de Laurentino Gomes (Nova Fronteira)
Romance
RIBAMAR, de José Castello (Bertrand Brasil)
Tradução
O LIVRO DE DEDE KORKUT, de Marco Syrayama de Pinto (Globo)







Teoria / Crítica Literária
CÂMARA CASCUDO E MÁRIO DE ANDRADE - CARTAS, 1924-1944, de Marcos Antonio de Moraes (org.) (Global)
Capa
INVISÍVEL, de João Baptista da Costa Aguiar (Companhia das Letras)
Ilustração
O CORVO, de Manu Maltez (Scipione)

Ilustração de Livro Infantil ou Juvenil
GILDO, de Silvana Rando (Brinque-Book)

Projeto Gráfico
THEODORO SAMPAIO - NOS SERTÕES E NAS CIDADES, de Karyn Mathuiy (Versal Editores);

Nenhum comentário:

Postar um comentário