quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Açorianos pelo Caminho

"O Açorianos é meu maior orgulho. Minha maior conquista como escritora foi o primeiro Açorianos, em 1999. Já tinha ganho outros prêmios fora do Estado, mas esse é diferente, foi sinal de aprovação na minha terra, da minha gente. E além do reconhecimento, é um privilégio ter uma obra do Xico Stockinger na minha casa. O guerreiro é um estímlo para seguir adiante. Todos têm o maior carinho pelo Açorianos, digo isso de coração."

Cíntia Moscovich nasceu em Porto Alegre, em 1958. É jornalista, escritora e mestre em teoria literária. Sua primeira obra foi publicada em 1996, O reino das cebolas. Recebeu o prêmio Açorianos de Literatura em 1999, na categoria Narrativa Longa, por Duas Iguais, em 2001, na categoria Conto, por Anotações durante o incêndio, em 2005, também na categoria Conto, por Arquitetura do Arco-Íris e em 2007, na categoria Narrativa Longa e também Livro do Ano, por Por que sou gorda, mamãe?.

Nenhum comentário:

Postar um comentário