quarta-feira, 27 de julho de 2011

Revendo amigos

Ontem à noite, o Teatro Renascença presenciou o reencontro de duas amigas de longa data. Amanda Costa e Déa Martins participaram da palestra Caio F.: 15 Anos Depois, contando histórias e relembrando momentos que passaram junto do escritor.

"Eu era adolescente e morava no Menino Deus, e ele já era uma figura muito conhecida: alto, magro, muito quieto, sempre de preto... Eu ficava envergonhada de ir falar com ele", disse Amanda. A astróloga também falou bastante sobre a relação que Caio tinha com o misticismo: "Caio era muito ligado em astrologia. O livro Triângulo das Águas trata basicamente disso, há uma correspondência com os signos do zodíaco naquela obra."


Produtora radicada no Rio de Janeiro, Déa reconheceu que, a princípio, não ficou impressionada com Caio: "A gente tinha alguns amigos em comum, mas era só isso. Depois, quando eu fui ler Onde Andará Dulce Veiga? durante uma viagem à Europa que pensei, 'Pô, esse cara é bom!'", brincou ela.

Esse foi o último dia do curso que fez uma retrospectiva do escritor gaúcho. Na segunda, Luciano Alabarse e Juarez Fonseca conversaram sobre a época em que trabalharam com ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário