quinta-feira, 14 de julho de 2011

Música para os olhos

Tatata Pimentel e ópera. O professor e jornalista se encanta ao ver os movimentos dos personagens, as vozes, o cenário, a grande produção. Assim que um DVD sobre o gênero é lançado, ele já tem um exemplar em mãos. Essa relação com a música começou desde cedo, como contou em entrevista à CLL.

O curso Ópera em quatro partes acontecerá nos dias 25, 26, 27 e 28 de julho, às 15h30, na Sala Álvaro Moreyra. A inscrição custa R$ 20.

CLL - Em que momento tu despertaste para a ópera?

Tatata - Ah, despertei para a ópera por causa de um tio italiano, nascido em Florença, que me ensinou a língua a partir da leitura de libretos de óperas. Eu tinha uns 10 anos e decorava os libretos. Agora, sempre fui apaixonado por música. Hoje, ela é o gênero mais difundido no mundo.

CLL - Qual o significado da ópera pra ti?

Tatata - Significa a voz humana, canto, que é o princípio da música. Minhas paixões são as vozes como expressão de arte, a mais humana possível.

CLL - E o que podes dizer sobre o gênero hoje? Tens alguma preferência?
Tatata - Antes do aparecimento do DVD só conhecíamos ópera gravada, o que representava uma perda de 50%. Ela tem que ser vista e ouvida. Não tenho uma preferida, mas hoje são as óperas do Wagner, que estão sendo assistidas no mundo inteiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário