sexta-feira, 29 de julho de 2011

Anos incríveis

O professor Voltaire Schilling terminou ontem, às 18h30, na Sala Álvaro Moreyra, seu curso Brasil de 1954-1964, parte da programação do Festival de Inverno. O conteúdo da última aula se resumiu à Campanha da Legalidade (que também foi tema de um curso específico do Festival) e ao Golpe Militar.



Voltaire tem uma relação pessoal com a campanha que lutou para empossar João Goulart. Ele participou das principais passeatas e manifestações da época; reconheceu que "a queda do Jango não foi lamentada, à diferença de outros golpes na América Latina".

"Implantar um estado de segurança nacional era o objetivo da Escola Superior de Guerra", disse ele sobre área do Exército brasileiro que comandou o país durante a ditadura. "Esses militares tentaram fazer um trabalho de expurgo do comnunismo no Brasil".

Foi a primeira vez que Voltaire lecionou aulas sobre esses anos de transição. Mesmo assim, o público compareceu em peso à palestra e se divertiu bastante com a explanação do professor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário