quinta-feira, 2 de junho de 2011

Mostra Orson Welles

Para quem se interessa por cinema, aí vai uma dica da CLL: até o final do mês, a UFRGS promove a MOSTRA ORSON WELLES, onde nove filmes do autor serão apresentados com entrada franca, na Sala da redenção.

Em seus filmes, Orson desempenhava muito mais que o papel de ator, sendo por vezes também autor e diretor. Como bem definiu o crítico de cinema José Onofre em uma coluna intitulada Um autor maior do que a vida, “em qualquer destas funções distinguiu-se por ser melhor ou diferente, quando não ambos”. Embora seu filme Cidadão Kane tenha revolucionado as técnicas do cinema ao apresentar uma narrativa não-linear, usando recursos como a profundidade de campo e os vários ângulos da câmera, Orson nunca foi aceito pelos produtores de Hollywood. Sua vida polêmica foi tema de vários livros, inclusive um que resultou da transcrição de suas conversas com o diretor de cinema Peter Bogdanovich.

Este é Orson Welles
, de Orson Welles & Peter Bogdanovich (Globo, 654 páginas, R$54,00)


Orson Welles, de André Bazin (Zahar, 200 páginas, R$39,90)

Cidadao Kane - O Making Of , de Robert Carringer (Civilização Brasileira, 224 páginas, R$32,00)


Cidadão Kane, de Laura Mulvey (Rocco, 114 páginas, Esgotado no Fornecedor)

Nenhum comentário:

Postar um comentário