sexta-feira, 24 de junho de 2011

Homenagem a Antonio Candido


O meio literário comemora hoje os 93 anos de Antonio Candido de Mello e Souza. Grande estudioso da literatura brasileira, é autor de referência nas faculdades de ciências humanas de todo o país.

Além da crítica literária, Antonio Candido desenvolveu sua vida acadêmica como professor da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, onde ingressou como aluno nos primeiros três anos da instituição, fundada em 1934.

Formado em Ciências Sociais, foi ao longo do curso que conheceu pessoas como Décio de Almeida Prado, Paulo Emílio Salles Gomes e Gilda de Moraes Rocha, que viria a chamar-se Gilda de Mello e Souza e com quem Antonio Candido foi casado por 60 anos, até o falecimento da esposa em 25 de dezembro de 2005.

Antonio Candido ingressou como professor da Universidade de São Paulo em 1942, e a partir de1943 passou a colaborar com o jornal Folha da Manhã, em que escreveu diversos artigos e resenhou os primeiros livros de João Cabral de Melo Neto e Clarice Lispector. Em sua carreira docente, participou da formação de nomes como Roberto Schwarz, Davi Arrigucci Jr. e João Luiz Lafetá. Na mesma Universidade de São Paulo, encerrou sua carreira como professor de pós-graduação em 1992. Sua produção intelectual, no entanto, continua a ampliar seu legado para os estudos de literatura no Brasil.

Entre suas principais obras estão:



Formação da Literatura Brasileira - Momentos Decisivos - 1957. (Ouro Sobre Azul, 798 páginas, R$ 93,00)









Presença da Literatura Brasileira - 1964 (em colaboração com J. Aderaldo Castello). (Bertrand Brasil, 451 páginas, R$ 55,00)








A Educação pela Noite e Outros Ensaios - 1987. (Ouro Sobre Azul, 264 páginas, R$ 43,00)

Um comentário:

  1. Gostaria de contato com o Professor Antonio Cândido para saber da possibilidade dele prefaciar um livro meu.

    ResponderExcluir