sexta-feira, 27 de maio de 2011

Dica de Leitura

Para quem pretende aproveitar o friozinho do final de semana sob o conforto dos cobertores, a CLL tem uma indicação de leitura que segue a temática do seminário Livros que Abalaram o Mundo. A dica da vez é o romance A mulher que escreveu a Bíblia, de Moacyr Scliar. Narrado em primeira pessoa por uma das centenas de esposas do rei Salomão, que era feia, muito feia, mas possuía a grande virtude de saber ler e escrever, nesta divertida e bem humorada história Scliar recria versões para diversas passagens bíblicas, entremeadas por reflexões sobre o ato de escrever, seu sentido e razão de ser.


“[...] Não quero ser lembrado por ruínas. Quero ser lembrado por algo que dure para sempre. Sabes o quê?
Fez uma pausa, olhou-me, e anunciou, solene:
— Um livro. Um livro que conte a história da humanidade, de nosso povo. Um livro que seja a base da civilização.
Claro, o livro, como objeto, também é perecível. Mas o conteúdo do livro, não. É uma mensagem que passa de geração em geração, que fica na cabeça das pessoas. E que se espalha pelo mundo. O livro é dinâmico. O livro se dissemina como as sementes que o vento leva”.


Esse livro está disponível em nossa biblioteca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário