quinta-feira, 14 de abril de 2011

A Terra é Azul!

Desde que o homem começou a se reconhecer como espécie, sonha em chegar até onde sua vista alcança. Por isso, não demorou muito para que as estrelas se tornassem seu principal objetivo. Tal desejo, considerado durante milênios como impossível, se reflete na produção literária mundial. Na semana em que comemoramos os 50 anos do primeiro voo orbital tripulado, a CLL faz uma retrospectiva de obras que expressam essa temática:

- História Verdadeira; Luciano de Samosata, século 2 d.C (Estampa; 1989; 64 ps; esgotado )

- Da terra à lua; Julio Verne, 1865 (Melhoramentos; 2008; 224 ps; R$16,50)

- Viagem ao Céu; Monteiro Lobato, 1932 (Globo; 2007; 112 ps; R$24,00)

- O Pequeno Príncipe; Antoine de Saint-Exupéry, 1943 (Agir; 2006; 94 ps; R$29,90)

- Poeira de Estrelas; Isaac Asimov, 1951 (Expressão e Cultura; 1974; 282 ps; esgotado)

Nenhum comentário:

Postar um comentário