sexta-feira, 29 de abril de 2011

+ que prosa conversa com Daniel Galera

O projeto + que Prosa receberá no dia 12 de maio, às 18h30min, os escritores Daniel Galera e Antônio Xerxenesky.

Daniel Galera, também tradutor e editor, antecipa um dedo de prosa em entrevista à CLL.

CLL – Qual a cara da literatura dos anos 00?
Daniel Galera –
Penso que a principal característica dessa literatura está no desafio de lidar com o excesso de narrativas presentes nas mídias e redes sociais. Temos um cotidiano saturado de
histórias, onde todos contam suas vidas como narrativas, e o desafio está justamente em descobrir o que ainda é realmente relevante nisso tudo. Além disso, temos hoje uma literatura bastante heterogênea, com autores cada vez mais buscando afirmarem-se em estilos próprios.

CLL – Se todos podem publicar na internet, o que ainda leva um escritor à publicação de um livro impresso?
Daniel –
Eu diria que hoje as redes e os meios virtuais mais falam sobre livros e narrativas do que propriamente os publicam. A internet aparece então como um espaço a mais para o diálogo e a divulgação literária. Essa busca pela publicação impressa evidencia que a internet, ao invés de substituir o livro, cria um espaço a mais, que não o anula.

Nenhum comentário:

Postar um comentário