sábado, 23 de abril de 2011

Dia Mundial Do Livro

Todo dia é dia do livro. Segundas, terças, quartas, quintas, sextas, sábados e domingos. Dias de feira e feriados. Dias santos e pagãos. Dias das mães, dos pais, dos amantes, dos heróis. Dias de festa e dias de luto. Dias de ler.

Toda hora é hora para abrir um livro. Acompanhado de um café, nas primeiras horas da manhã, é como despertar de um sonho para mergulhar em outro. À espera de atendimento no banco, da companhia para o almoço, do ônibus que tarda passar, é viver intensamente minutos que se arrastariam vazios. Quando a realidade decepciona e o mundo impõe limites, é refúgio, é liberdade.

Há um dia, no entanto, guardado para relembrarmos os mais de seis mil anos de história dos livros e o poder que a leitura tem como agente transformador da sociedade. Celebremos este 23 de abril incentivando homens e mulheres, crianças e idosos, pessoas de todas as cores, raças, credos e religiões a se tornarem grandes pessoas transformando-se em grandes leitores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário