quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Fim das coisas velhas

A obra vencedora do Livro do Ano continua em debate por aí...
Além de ter sido capa do Segundo Caderno da ZH de sábado (foto abaixo), o editor de literatura da Zero Hora, Carlos André, postou suas impressões sobre o Livro.

“Marco de Menezes mostra em Fim das Coisas Velhas que sua produção criteriosa moldou um poeta maduro, de linguagem cuidada, de um lirismo contido, cercado com firmeza pela moldura da sonoridade de que dota seus versos e da dicção que trabalha a memória iluminando o coloquial. Ele também não teme usar expedientes consagrados da tradição, com a métrica e a rima, trabalhando-os de acordo com sua poesia, e não o contrário.”
(
leia o texto na integra)



Quer conhecer mais o poeta Marco de Menezes e sua obra?
Fique atento à programação de verão da CLL!

Nenhum comentário:

Postar um comentário